IRS JOVEM: Saiba como beneficiar deste incentivo fiscal e preencher correctamente a sua declaração

April 26, 2023

Resumo

Neste artigo, abordaremos o IRS JOVEM, um incentivo fiscal para jovens que iniciam a vida profissional, explicando o seu funcionamento e como preencher a declaração de IRS correctamente.

A época de preenchimento do IRS chegou e, com ela, muitas dúvidas e incertezas. Para facilitar este processo e esclarecer todas as suas questões, hoje vamos falar sobre o IRS JOVEM, um incentivo fiscal especialmente relevante para os jovens que estão a iniciar a sua vida profissional. Neste artigo, vamos explicar o que é o IRS JOVEM, como funciona e como preenchê-lo na sua declaração.


1. O que é o IRS JOVEM?

O IRS JOVEM é um benefício fiscal destinado a jovens entre 18 e 26 anos que tenham começado a trabalhar durante o ano em que pretendem usufruir deste incentivo. O objectivo é reduzir a carga fiscal sobre os rendimentos auferidos, ajudando os jovens a ingressar no mercado de trabalho e, consequentemente, contribuindo para o desenvolvimento do país.

2. Como funciona o IRS JOVEM?

A principal vantagem do IRS JOVEM é a isenção parcial dos rendimentos obtidos no primeiro ano de trabalho e, consequentemente, uma redução do imposto a pagar. Essa isenção é aplicada da seguinte forma:

  • 1º ano: 50% dos rendimentos são isentos de IRS;
  • 2º ano: 30% dos rendimentos são isentos de IRS;
  • 3º ano: 20% dos rendimentos são isentos de IRS.

3. Quem pode beneficiar do IRS JOVEM?

Para ter direito ao IRS JOVEM, é necessário cumprir os seguintes requisitos:

  1. Ter idade entre 18 e 26 anos;
  2. Estar a receber rendimentos da categoria A (trabalho dependente) ou categoria B (trabalho independente);
  3. Não ter sido considerado dependente no ano anterior àquele em que se pretende beneficiar do incentivo;
  4. Não ter exercido actividade profissional nos dois anos anteriores ao ano em que se pretende beneficiar do incentivo.

4. Como preencher o IRS com base no IRS JOVEM?

Para usufruir do benefício fiscal, é necessário preencher correctamente a declaração de IRS, indicando o montante isento na secção correcta. Confira os passos:

  1. Aceda ao Portal das Finanças e inicie o preenchimento da declaração de IRS;
  2. Na secção dedicada aos rendimentos do trabalho dependente (Categoria A) ou trabalho independente (Categoria B), insira os valores recebidos durante o ano;
  3. No Quadro 6 do Anexo A (para a Categoria A) ou no Quadro 6 do Anexo B (para a Categoria B), preencha a coluna "Benefício IRS JOVEM" com o montante correspondente à isenção aplicável (50%, 30% ou 20%);
  4. Complete o preenchimento da declaração de IRS e submeta-a.

Em suma, o IRS JOVEM é uma excelente oportunidade para os jovens que estão a começar a sua vida profissional e desejam reduzir a carga fiscal nos primeiros anos de trabalho. Ao compreender o funcionamento deste incentivo e preencher correctamente a declaração de IRS, é possível usufruir de um alívio financeiro significativo.

É importante lembrar que o IRS é uma obrigação tributária e um instrumento essencial para financiar os serviços públicos e promover o bem-estar social. Ao cumprir as suas responsabilidades fiscais de forma consciente e informada, estará a contribuir para o desenvolvimento do país e a garantir um futuro melhor para todos.

Por isso, não deixe de consultar as fontes mencionadas e procurar ajuda especializada, caso necessário. E lembre-se: o conhecimento é o melhor aliado na hora de preencher o IRS e aproveitar ao máximo os benefícios fiscais disponíveis. Boa sorte e sucesso na sua jornada profissional!

#jovens_independentes
Assina a nossa petição
Inscreve-te na Unilinkr
Inscrição Estudantes

Movimento #jovens_independentes

A legislação atual cria fortes desincentivos que impedem muitos jovens de arranjarem trabalhos pontuais / part-times.  
Criamos uma petição para **mudar** esta situação.